2 0
Pão Saloio – Vegan, Sem Glúten

Partilhe na sua rede social:

Or you can just copy and share this url

Pão Saloio – Vegan, Sem Glúten

Características:
  • Bebés dos 12 aos 24 meses
  • Crianças com mais de 24 meses
  • Paleo
  • Sem Glúten
  • Sem Lacticínios
  • Sem Lactose
  • Sem Ovo
  • Vegan
  • Vegetariano (ovo-lacto)
  • Serve 1
  • Média
Partilhar

Esqueçam todos os outros pães sem glúten que já partilhei, este pão saloio, é O PÃO! Fica perfeito! Côdea estaladiça, miolo leve e fofo, sabor a “pão-pão, mesmo pão” 😍 Tem um ingrediente secreto que o tornou absolutamente irresistível: farinha de castanha! Eu adoro castanhas, mas confesso que não era grande fã de farinha de castanha, sentia sempre um travo meio amargo e não achava piada nenhuma. Tanto não achava que, ou muito me engano, ou só partilhei uma receita com farinha de castanha.

Contudo, há pouco tempo, descobri uma farinheiras sem glúten do Vale da Aramenha, feitas com farinha de castanha e fiquei absolutamente rendida! Resolvi, então, dar uma nova hipótese à farinha de castanha e achei que esta é diferente, tem um travo meio adocicado fantástico, é feita a partir da Castanha de Marvão-Portalegre DOP Desidratada (Denominação Origem protegida).

Resolvi chamar-lhe pão saloio, porque leva uma mistura de várias farinhas em substituição da farinha de trigo e fica realmente com aspecto, textura e sabor muito semelhantes aos do pão saloio tradicional.

Ahhh e fica maravilhoso torrado!!! Podem fazer, fatiar, congelar e depois ir utilizando à medida que vão precisando.

Espero que gostem! <3

 

Ingredientes:

Desta vez não coloquei alternativas para cada uma das farinhas, pq acho que fica perfeito assim e gostava que provassem mesmo a versão original sem qualquer troca.  Como sei que têm dificuldade, às vezes, em encontrar alguns ingredientes, coloquei links dos sites onde compro e com quem tenho parcerias que dão descontos aos seguidores do blogue. Assim, podem comprar de forma rápida e segura, sem sair de casa. 🙂

Preparação:

Misturar bem todas os ingredientes secos e reservar.

Em metade da água colocar a levedura e o açúcar de coco. Mexer e deixar repousar durante pelo menos 15 minutos. Adicionar a restante água, o psyllium, o azeite, o sal e o vinagre e mexer. Juntar às farinhas e mexer tudo muito  bem até obter uma massa leve e maleável.

Em seguida, coloque num recipiente de vidro, tape e deixe repousar cerca de 2 horas.  Polvilhe uma folha de papel vegetal com polvilho doce e confira a forma desejada à massa. Coloque numa panela de barro/ferro fundido/outra que possa ir ao forno, quente (aquecer no forno)<-usei este da SweetSelection (também é fantástico para fazer os folares da Páscoa). Tape e leve ao forno a 220º durante 45/50 minutos. Depois, destape, retire do tacho e deixe cozinhar mais 10/15 minutos, até ficar com a côdea bem estadiça e dourada.

Preferencialmente, deixe arrefecer antes de cortar.

#pub – receita associada a marcas com as quais tenho parcerias comerciais remuneradas e não remuneradas

(Visited 26.009 times, 5 visits today)

Ana SGuerreiro

Olá! Chamo-me Ana S. Guerreiro, sou mãe de um menino lindo com 4 anos, sou algarvia, formada em psicologia e apaixonada pelo mundo das artes e por culinária.

anterior
Broa de Milho – Vegan, Sem Glúten, Sem Lacticínios
próxima
Ovos Mexidos com Farinheira em 5 minutos – Sem Glúten
anterior
Broa de Milho – Vegan, Sem Glúten, Sem Lacticínios
próxima
Ovos Mexidos com Farinheira em 5 minutos – Sem Glúten

9 Comentários Esconder comentários

Olá o pão de certeza que é maravilhoso. Vou fazer e quero perguntar se posso utilizar fermento de padeiro fresco. Se sim qual a quantidade. Obriga da bjs

Olá Ana sou de Oeiras e gostaria que você fosse de Lisboa para lhe encomendar o pão
Obrigada pela receita
Beijinhos

Adicione o seu comentário